09/10/2015

Mês do Horror: Horror em Amityville



Título:
Horror em Amityville
Autor: Jay Anson
Editora: Record
Páginas: 191
Saiba mais no Skoob
Onde comprar: Buscapé
Sinopse: Em 13 de novembro de 1974 a polícia do condado de Sufolk recebeu uma chamada telefônica que a levou ao endereço 112 Ocean Avenue, Amityville, Long Island. Dentro da casa a polícia encontrou um crime brutal: o assassinato de uma família inteira enquanto dormia. Poucos dias depois, Ronald Defeo Jr. admitiu que usou um rifle para matar os pais e seus 4 irmãos, alegando ter ouvido vozes que vinham de dentro da casa e que o influenciaram a cometer os crimes. Um ano depois George e Kathy se mudam com os filhos para a antiga casa dos Defeo. Não demora muito para que estranhos eventos comecem a acontecer, afetando a vida da família e indicando que uma presença maligna está oculta na casa.
Posso dizer que comecei muito bem em relação a livros no mês do horror. Já nas primeiras páginas de Horror em Amityville eu já me vi assustada com os relados do autor em relação ao que aconteceu na casa da Ocean Avenue.
Até onde eu sei esta é uma história real e claro que esse fato deixa tudo muito pior. O medo mais aguçado, eu diria. Eu amo filmes de terror e a adaptação da história da família Lutz foi um dos primeiros do gênero do qual eu me recordo de ter assistido e que me causaram medo. Sinto que quando eu era criança era muito mais corajosa com essas coisas, pois diversas vezes durante a leitura eu me vi morrendo de medo e até paranoica, achando que estava ouvindo sons estranhos aqui em casa (e a pessoa aqui, muito inteligente, ainda leu durante a madrugada).

Por ter essa pegada de história real o autor não se preocupou muito em desenvolver os personagens. O clima da narrativa é todo de somente contar o que aconteceu durante os vinte e oito dias que eles ficaram naquela casa mas também sem dar maiores detalhes (ainda bem, pois se sem detalhes o leitor já fica totalmente apreensivo, imagina só se ele for recheado?!). O livro é narrado em terceira pessoa e não foca somente no que acontece dentro da casa. No primeiro dia da família na casa nova um padre foi chamado para benze-la, um pequeno costume deles, e então após este dia várias coisas estranhas acabam acontecendo também com o padre; o autor acaba relatando esses acontecimentos e a angustia do pobre homem em se ver impotente, sem muito o que fazer, para ajudar aquela família. 
Google Imagens
A história tem diversas adaptações mas a única que eu assisti foi de 2005, com Ryan Reynolds, e já adianto que ambos são bem diferentes. Apesar de ser bem diferente da obra original o filme tem uma pegada muito pior em relação aos personagens. Por exemplo: No livro George tem uns ataques de raiva sem explicação e que desconta em sua família, porém isso não dura todos os dias que ele permanece na casa pois aos poucos ele vai percebendo que algo errado esta acontecendo e tenta lutar contra o que quer que seja isso; Já na adaptação a mudança do personagem é muito pior e tem uma consequência enorme em sua família. 

A leitura foi bastante agradável, tirando a parte de medo, e me deu uma outra visão do que acontece com essas famílias que passam por esse tipo de situação. No final o autor adiciona alguns relatos sobre a investigação que aconteceu na casa após eles saírem de lá e adivinhem quem participou? O famoso casal Ed e Lorraine Warren. 

Quem gosta do gênero tenho certeza que vai adorar. E também fica a indicação do filme, que eu acho ótimo.


--------------------------------------------------------------------------------------------------

PARTICIPE!

7 comentários:

  1. Oi Sil!

    Li também esse livro e nossa me deu muito medo! Fiquei apreensiva, principalmente nos momentos finais do livro, um dos livros de terror que mais gostei! Assisti um pouco do filme, mas não aguentei, filmes de terror não são para mim, morro de medo, consido encarar mais os livros. xD

    Beijos,

    daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
  2. Eu já tentei ver o filme, mas sou mto medrosa! Imagina o livro então!
    hahaha

    Bjs
    www.garotadebotas.com

    ResponderExcluir
  3. Adoro livros desse tipo, ainda não conhecia esse, já quero ler.
    Beijos

    http://beingasunshine.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Helloo, Sil! Tudo bem?!
    Eu nunca ouvi falar nesse livro. Só o filme! Ah, eu também era mais corajosa quando criança kkkk.
    Às vezes a lerda eu lê algumas coisas parecidas na madrugada e fica ouvindo barulhos no telhado! Muito assustador ahahaha. Acho que per ser real dá mais medo. Não daria para eu ler, minha mente paranoica ia ficar me deixando doida de tanto pensar nas coisas que aconteceram.
    Beijin...
    http://piecesofalanagabriela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?
    Então, não sabia sobre o livro, mas já vi o filme e adorei.
    Acredito quando diz, que ficou assustada logo na introdução do livro, realmente a história é bem pesada.
    Certamente, começou muito bem mesmo a maratona.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Fiquei mega curiosa para ler! O fato de ser baseado em uma história real deve ser tenso, muuuito tenso...

    EntreLinhas Fantásticas

    ResponderExcluir
  7. Oi, Silviane!

    Adorei sua resenha! Apesar de livros de terror não serem muito do meu estilo, achei muito cativante o jeito que você escreveu. Quanto a filmes, eu também costumo ter a infeliz ideia de assisti-los de madrugada, rsrsrsrs.

    Gostaria de aproveitar e oportunidade para divulgar o meu blog de resenhas, Spazio di Libri. Minha última resenha foi do livro "o clube do livro do fim da vida" = >http://spaziodilibri.blogspot.com.br/2015/09/o-clube-do-livro-do-fim-da-vida.html
    Se puder contribuir com comentários e me seguir, eu agradeço (e retribuo também). Ah, já estou te seguindo também!

    Beijos
    Fernanda

    ResponderExcluir


Obrigada por comentar no Estilhaçando Livros. Se você tiver um blog deixa seu link que vou retribuir a visita com o maior prazer.