18/12/2015

Resenha: Ilha do Medo

Primeiro de tudo: Que livro é esse? Tô até agora com vontade de pegar e começar a ler tudo de novo. Assim que terminei a leitura assisti ao filme, que tem o querido Léo DiCaprio no elenco e conclui que a adaptação é incrível. Obrigada, Scorsese.


Título: Ilha do Medo
Autor: Dennis Lehane
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 344
Compre: Saraiva | Amazon
Mais informações no Skoob
Sinopse: No verão de 1954, o xerife Teddy Daniels chega a Shutter Island com seu novo parceiro Chuck Aule. A dupla deverá investigar a fuga de uma interna do Hospital Psiquiátrico Ashecliffe, reservado a pacientes criminosos. Sem deixar vestígios, a assassina Rachel Solando escapou descalça de um quarto vigiado e trancado à chave. Os médicos, funcionários e enfermeiras da instituição não parecem dispostos a colaborar com a investigação. E as mentiras vêm diretamente do enigmático médico-chefe do hospital. O desaparecimento de Rachel traz à tona uma série de suspeitas sobre o hospital: com suas cercas eletrificadas e guardas armados, talvez ele não seja apenas mais um sanatório para criminosos. Surgem rumores de que uma abordagem radical e violenta da psiquiatria seria lá praticada - as suspeitas incluem desde terríveis experiências com drogas e cirurgias experimentais, até o desenvolvimento de instrumentos a serem usados na Guerra Fria. Enquanto isso, um furacão se aproxima da ilha, precipitando uma revolta entre os presos. Quanto mais perto da verdade Teddy e Chuck chegam, mais enganosa ela se torna.

Bom, Ilha do Medo trata a história de dois xerifes que são enviados para uma ilha para investigar o desaparecimento de uma paciente do hospital psiquiátrico de segurança máxima; que para nós pode ser chamado simplesmente de prisão. As condições em que a paciente fugiu são extremamente suspeitas e ao tentar realizar a investigação os policiais são impedidos pela equipe do hospital de analisar relatórios, fichas de pacientes e médicos e por muitas vezes são desacreditados. Teddy, um dos xerifes e o personagem principal da história, tem um histórico de vida bem... complicado. É herói de guerra e perdeu sua esposa em um incêndio, causado propositalmente por um incendiário - que mais tarde Teddy revela saber que se encontra preso na ilha. Chuck é seu parceiro e pouco é revelado sobre ele, apenas que se transferiu de Seattle por conta do seu envolvimento com uma moça oriental. Teddy é um personagem bem construído, que facilmente o leitor se apaga podendo ama-lo ou odiá-lo, dependendo da opinião de cada um. Eu ainda não cheguei a minha própria conclusão, pois por diversos momentos eu o amei, e então passei a odiá-lo, senti pena e sofri com ele. 

Foi o primeiro livro do Dennis que eu li e não vejo a hora de ler outros, já pude perceber que o autor adora criar um mistério para chegar no final e nos surpreender. Sim, Ilha do Medo é aquele tipo de livro que qualquer informação à mais pode estragar a surpresa do final, que no minimo deixa o leitor pensando "que m!@#$ foi essa?" (no sentido de "que fod@"). Dennis não deixou pontas soltas, ou duvidas sobre a veracidade dos fatos revelados.

Aos mais medrosos podem ficar tranquilos, apesar do nome o livro não tem nada de assustador ou terror. Antes o título era Paciente 67 e sofreu alteração por conta do filme. Pessoalmente acredito que Paciente 67 combina mais com o enredo do livro, já que em determinado ponto eles procuram pelo paciente 67 da ilha, que todos dizem não existir.
Foto: Silviane Casemiro | Estilhaçando Livros

12 comentários:

  1. Nossa fiquei assustada ao saber que tinha um livro, eu realmente não sabia! Adorei a resenha e fiquei com muita vontade de ler.

    Visite: http://carpediemmica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. GENTE, como asssim existe um livro disso??? Oh god, preciso pra já! O filme pelo menos é demais, e pela sua resenha, o livro não fica nem um pouco atrás <333

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova no blog de "O Projeto Rosie", vem conferir!

    ResponderExcluir
  3. Eu já vi o filme a algum tempo, não sabia que existia um livro hahaha (confesso que não lembro muito da história, mas na época achei um pouco confusa). Gostei da sua resenha, parabéns!
    Estantedoluiz.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Nossa se o filme já é bem louco, fico imaginando como não deve ser o livro!
    Deve ser ainda mais intenso ler a estória, com mais detalhes e tudo o mais!!

    Beeijos

    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi,Sil!
    Eu não sabia que tinha esse livro... Eu nunca vi o filme, mas agora fiquei interessada pra ver o filme e ler o livro.
    Beijos
    Balaio de Babados | Participe da promoção Natal do Babado

    ResponderExcluir
  6. Adoro o filme, mas não sabia que tinha livro ♥

    http://gotasdecaffe.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Eu não sabia que tinha o livro, uoou, já quero ler haha;

    Beijos ♥
    http://intoxicadosporlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Já vi o filme e gostei bastante, mas nem imaginava que tinha livro também.
    Beijos
    Infinita Feminice

    ResponderExcluir
  9. Oi Sil,
    Eu adoro o filme e fiquei bem curiosa para ler o livro.
    Achei estranho terem mudado o nome, até o filme também poderia ter esse nome...
    Ainda bem que a adaptação não deixa a desejar e nossa o final sempre me arrepia, adoro mesmo.
    Lendo, a sensação deve ser incrível também.

    Tenha uma iluminada semana Natalina. Feliz Natal ♥
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  10. Oi Sil!
    Que BOM que você leu antes de assistir o filme! Comigo foi o contrário, então passei a leitura toda sabendo o que estava acontecendo e não aproveitei tanto :(
    Lehane é um autor fantástico! Os livros dele sempre causam impacto e nos deixam com essa sensação no final. E já que você quer ler outros, leia "Sobre Meninos e Lobos". É espetacular!
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi, Silviane, tudo bem?

    Eu só conhecia o filme, nem sabia que tinha o livro! Eu nunca assisti ao filme, mas fiquei interessada pela história. Vou ver se assisto nessas férias!

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook
    PARTICIPE DA PROMOÇÃO NATAL LITERÁRIO E CONCORRA A DOIS KITS RECHEADOS DE LIVROS!

    ResponderExcluir
  12. Oi, Silviane.
    Eu também só conhecia o filme e nem sabia que era baseado num livro.
    Vi o filme no cinema e ele tem muito suspense e o final é bem interessante.
    Não é o melhor filme da parceira entre o diretor e o Di Caprio, mas é muito bom.
    O livro, como pude perceber pela resenha, parece até melhor, como geralmente acontece com adaptações.
    Abraços.
    Diego || Diego Morais Viana

    ResponderExcluir


Obrigada por comentar no Estilhaçando Livros. Se você tiver um blog deixa seu link que vou retribuir a visita com o maior prazer.