05/02/2016

Resenha: Precisava de Você

Sabe quando existe um livro que você tem a NECESSIDADE de ler? Então, foi assim que eu estava me sentindo em relação a este livro. Estava há meses querendo, desejando e tinha colocado ele na minha lista de prioridades para as compras da Black Friday. Não precisei compra-lo pois consegui ganhar no top comentarista do blog Planet Pink e assim que chegou eu corri para ler. ♥




Título: Precisava de Você
Autora: Pedro Guerra Lola Tavares
Editora: Belas Letras
Páginas: 224
Compre: Submarino | Amazon
Mais informações no Skoob
Sinopse: Então está aqui tudo o que eu guardei por algum tempo. A partir de agora eu pretendo escrever, desde o começo, a nossa história (se é que eu posso chamar assim). O nosso (des)romance. Acho que a melhor maneira de se livrar de alguma coisa (neste caso, de alguém) é colocando para fora. Então é isso que eu vou fazer. Eu vou te exorcizar de mim. Que droga. Que droga, Gabriel Vegas. Eu gostava de você pra caramba.

O livro é uma carta de Lola Tavares para Gabriel Vegas, um garoto por quem ela se apaixonou a primeira vista. Gostei bastante dessa narrativa pois no fundo parece mais que a personagem esta falando com o leitor do que com o próprio Gabriel. E bom, porque não? Acho que todos nós temos potencial para ser Gabriel Vegas (ou Lola, provavelmente fazemos até os dois papeis em diferentes momentos da nossa vida). Nessa carta Lola conta como foi desde o primeiro dia que ela viu o garoto até o dia em que abandona esse caderno em uma cafeteria da cidade, naquela famigerada mesa que ela considera tão importante. 

É impossível ler esse livro sem se identificar com pelo menos metade das situações que a pobre moça passa. Seja na ansiedade pelo primeiro beijo, nas falas idiotas em momentos inoportunos, a primeira mensagem que o crush manda ou quando ele passa a te ignorar, nas conversas com os amigos, e naqueles momentos de raiva em que você diz que vai terminar com a pessoa mas sempre acontece algo que te faz voltar atrás, e enfim... mais a mais situações retratadas no livro. Me diverti bastante com Lola e sofri em todos os momentos em que eu pensa "poxa, eu também já passei por isso e sei exatamente o que ela esta sentindo, como ela esta se sentindo" e cara como dói e da um alivio ao mesmo tempo. Sofrer por amor é uma das coisas mais naturais do mundo. Quer dizer, muitas vezes aquilo nem era amor de verdade mas você gosta da pessoa e ela te faz sofrer, te engana e te ilude sem nenhuma necessidade para isso e se você já passou por isso sabe como é. 
(...) como na época estava tudo muito bem, eu acho que acabo não tendo muito direito assim de me arrepender por algo que eu mesma escolhi.

Mas não acho que o livro nos sirva para mostrar apenas o lado de Lola e nos identificarmos com ela. Acredito que é muito interessante se o leitor também se colocar no lugar de Gabriel e pensar nas coisas que fez no passado (ou pode estar fazendo no presente). Acho que todos nós já tivemos uma fase como de Gabriel, onde os relacionamentos não passam de uma brincadeira. Às vezes não vemos a real consequência disso e acabamos magoando pessoas que teriam potencial para ser especial em nossas vidas. Não digo aqui dar a chance para alguém que você não sente aquela quimica e etc, mas sim quando você brinca com outra pessoa, entende? Tem uma grande diferença e é mais ou menos por aí que sabemos quando uma pessoa é um pouco mais madura. O negócio é que criticar Gabriel e suas atitudes é muito fácil, mas colocar a mão na própria consciência e pensar se já não foi babacão (ou babacona) assim em alguma momento da vida provavelmente ninguém faz.

Eu amei a leitura desse livro. Ele tem 224 páginas mas é super fácil de ler; Provavelmente se você estiver de férias acaba lendo em uma sentada (eu li metade dele em uma hora esperando o ônibus). A diagramação é maravilhosa e conta com algumas ilustrações fofas, além de anotações da própria Lola em algumas páginas. A minha edição é da capa vermelha, mas tem capa rosa e azul (acho que são apenas três, mas posso estar enganada). Eu super indico para quem gosta de desromance, uma comédia (da para rir em diversas situações) e até de sofrer um pouco (principalmente quando você relembrar de todas as vezes que sofreu por algum Gabriel Vegas na vida). AH! E não posso esquecer de mencionar: O livro tem até uma música tema. Se chama Metáfora, dê uma conferida [www].

32 comentários:

  1. Adorei a resenha e acho que me identificaria muito com o livro!
    Fiquei curiosa pra ler!
    Beijos
    www.somosvisiveiseinfinitos.com.br

    ResponderExcluir
  2. Gostei do livro, e dessa ideia de carta, fiquei curioso.
    http://letrasfloresecores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Já havia visto mesmo este livro pela blogosfera e já havia gostado da capa tão simples e fofa. Adoraria poder lê-lo, parece ser muito interessante. Obrigada pela dica!

    Beijo, Van - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. "[...] a primeira mensagem que o crush manda ou quando ele passa a te ignorar [...]" EU NA VIDA
    Oi, Sil
    Já quero ler esse livro kkkk Parece ser super bonitinho. Achei interessante essa coisa de deixar ambos os personagens bem próximos do leitor.
    Ai, vou procurar para comprar. Acho que nunca tinha lido algo a respeito dele. Ou já? Não lembro, mas a capa não me é estranha.

    Beijo,
    João Victor - De cabeça para baixo | All pop stuff

    ResponderExcluir
  5. Olá, nossa, faz um tempo que eu quero ler esse livro, só vejo bons comentários sobre ele. Acho que deva ser uma leitura muito gostasa e sem contar que o autor é uma figuraça kkk visitei o site dele algumas vezes e achei super bacana. Gosto muito da premissa do livro e espero ler ainda esse ano

    ResponderExcluir
  6. Oi Sil, tudo bem?
    Esse livro parece ser interessante, e pelo visto dá para ler rapidamente com 224 páginas. Esse seria um livro ótimo para eu ler quando era adolescente, com meus 15/16 anos quando escrevia sobre meus momentos que eu achava que estava amando. Mas fui trouxa. HAHAHA. Arrasou nesse trecho amiga: Sofrer por amor é uma das coisas mais naturais do mundo. Quer dizer, muitas vezes aquilo nem era amor de verdade, mas você gosta da pessoa e ela te faz sofrer, te engana e te ilude sem nenhuma necessidade para isso e se você já passou por isso sabe como é. [...] Disse TUDO! Adorei sua resenha, talvez quando um dia eu ler irei me identificar com os personagens.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oi, Silviane!
    Interessante a abordagem do livro, mas não é bem o que procuro em uma leitura. Gosto muito de romances, mas acho que sou meio romântica e sonhadora demais por querer ler, principalmente, os bonitinhos, clichês, e esse não parece ser bem assim, pelo contrário, mostra-se bem mais realista pelo o que entendi de sua resenha. Eu também acho que não me identificaria tanto, de qualquer forma; acredite se quiser, não passei por nada parecido com a protagonista de forma realmente firme, então fico meio distante da situação. Sem falar que eu provavelmente me irritaria com o Gabriel, coitado, rs. Ainda assim, parece ser uma boa leitura para quem quer descontrair mas permanece na realidade ainda assim.
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional ♥

    ResponderExcluir
  8. Oi, Sil!
    Esse livro me lembrou muito Por Isso que A Gente Terminou ou algo assim o nome. Só lembro que é do mesmo autor de Desventuras em Série.
    Pela foto dá pra perceber que a diagramação é bonita mesmo.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  9. Quem é Pedro Guerra? Por que o nome dele ta riscado? kkkk
    As vezes da saudades das burradas de amor, dos primeiros momentos. To a 3 anos com o mozão já, não tem mais cagada nem mensagem de crush UHSSUHAS o livro parecer ser bonitinho e fiquei com vontade de ler. Quero a minha edição de capa azul <3

    beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Sil!

    Eu amei esse livro, a música tema, que ouvi por meses a fio sem parar, rs. Mas agora lendo sua resenha, me toquei de uma coisa, que você citou muito bem, não me coloquei no papel do Gabriel, por já ter passado poucas e boas no amor, de cara me senti a Lola e detestei o Gabriel, mas agora fiquei pensando como seria estar no lugar dele, ou quem sabe, já fui o Gabriel Vargas de alguém, rs. Bem, Pedro Guerra, criou uma história leve, com humor e drama, ótima e envolvente demais, li também rapidinho, pois é um livro que facilmente gostamos, rs.

    http://www.daimaginacaoaescrita.com/

    ResponderExcluir
  11. Oi Sil!

    Eu já li várias resenhas sobre esse livro e bem positivas. A sua resenha também conseguiu deixar uma vontade de ler o livro. Só não sei quando terei essa oportunidade.

    Bjos

    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oii! A história e o livro físico parecem ser muito fofinhos. Sua resenha me conquistou e fiquei bem curiosa para ler o livro. Realmente é muito legal quando a autora descreve coisas que você já passou e fica bem próxima do leitor. Toda essa coisa de coração partido com certeza rendeu muitas emoções para a Lola e todos que leram. Amei <3
    Bjs,
    Bipolaridades

    ResponderExcluir
  13. Oi
    esse livro parece ser diferente e legal que parece que ele fala com o leitor, a escrita do autora parece ser bem interessante e que bom que gostou dele.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. First of all, você também se lembrou de PTOGQJA ao ver a premissa desse livro? Porque eu lembrei huahauhau
    Não tem coia mais gostosa do que ler um livro que a gente se encontre ou se identifique né? amo quando isso acontece, mesmo quando a gente é o babaca da história né Sil? kkk
    Assim como em PTOGQJA a premissa desse livro para apeteceu bastante, vou procurar saber um pouco mais sobre ele e ver se encontro num preço legal, para um dia ler kkkk

    Xo
    Alisson
    Re.View

    ResponderExcluir
  15. Oi Silviane!
    Tinha me interessado muito por este livro quando o vi em lançamento. Sua resenha me relembrou da curiosidade de lê-lo. Deve ser muito leve e cativante!
    beijos ♥
    nuclear--story.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Oi Sil!
    Esse livro parece ser mesmo muito legal, e adorei a foto! Gosto de livros com diagramações diferentes, isso é algo que me faz preferir o livro físico ao ebook.
    Achei legal isso do livro ter capas diferentes também, mas aí a gente fica com vontade de ter todas :/

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  17. Já conheço e observo esse livro faz um tempo, haha. Mas ainda não consegui diminuir minha lista de leitura para o adquirir. Contudo, confesso que não é algo que estou "louco" para ler, acho que é uma boa opção após uma leitura pesada.
    Abraços e que a Força esteja com você!
    http://www.paradageek.com/

    ResponderExcluir
  18. Li o livro em um dia, que leitura mais gostosinha. E realmente é fácil se identificar com alguma situação que seja da personagem. Odiei muito aquele garoto! Achei uma leitura fácil e com uma história comum, porém, envolvente.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  19. Olá, tudo bem? Adorei e dica de leitura, afinal quem nunca passou por situações assim no decorrer da vida, né!!! Amores, decepções, indiferença .... aquelas ignoradas básicas que nós mulheres "amamos" rsrsrs......

    Deve ser muito bom de ler mesmo ... adorei a resenha!

    Bjs
    keyla Vilela - Blog Leituraterapia

    ResponderExcluir
  20. Oie, sou leitora nova do blog e já estou amando aqui <3

    Pela sua resenha concluí que irei amar o livro, sério! Adoro esses livros cheio de frases que me identifico, que fazem rir em alguns momentos e chorar em outros haha. Obrigada pela dica.

    Beijo,
    http://viagemnolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oi Sil,
    Só penso que eu deveria participar de mais TOP comentaristas hahaha

    O livro tem um enredo bacana, eu não conhecia.
    Leio a palavra famigerada o Padre Fábio vem logo à minha cabeça =x
    Pelas situações que mencionou, certeza que vou me identificar.
    Lola aparenta ser uma protagonista bacana.

    Ótima resenha.

    Tenha uma linda semana ♥
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  22. Amei a dica de leitura, pela resenha o livro parece ter um enredo bem construído. Fiquei interessada em ler.
    Beijos
    Infinita Feminice

    ResponderExcluir
  23. Oi Sil! É gostoso quando lemos uma história e nos encontramos nela de alguma forma, acredito que ter passado por algo semelhante torna o personagem mais real. Dica anotada.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  24. Nunca tinha visto esse livro, mas adorei sua resenha, me deixou com vontade de ter ele. Achei muito interessante.

    Beijos.
    Blog Não Vivo Sem Livros

    ResponderExcluir
  25. Oi,
    eu já tinha visto esse livro e achei a capa tão simples e tão linda, agora estou mais encantada. Com certeza é um livro que parece o meu estilo e vou procurar pra ler!
    bj


    @saymybook
    saymybook.blogspot.com

    ResponderExcluir
  26. Olá,
    eu não conhecia este livro! Achei bem interessante e sua resenha me despertou curiosidade :)

    http://blogexplicita.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Olá, tudo bom? Eu não conhecia o livro mas agora estou super interessada, acho que me identificaria bastante com ele, vou adicionar a minha lista ^^

    Beijos
    http://resenhaatual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. É tão bom ver livros brasileiros sendo tão bons assim. Seria tão bom se tivéssemos mais escritores para nos orgulhar de fazer parte desse país. Por enquanto continuo com Pedro Bandeira sendo meu favorito dos brasileiros, mas pelo o que vi dessa resenha, vou tentar arriscar com Pedro Guerra. Entrou pra minha lista de desejos!
    http://particulasinfinitas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Sil, acho que já havia lido algumas resenhas desse livro, mas nenhuma que tenha despertado a minha vontade de ler, ao contrário da sua. Senti que este livro pode me levar para um caminho de nostalgia e me deu vontade de ler, acho que dá até para analisarmos certas atitudes que tivemos e o rumo do porque as coisas terminam como terminam. Agora quero ler para ontem, como faz?

    ResponderExcluir
  30. Oi Sil!

    Tenho muita birra com esse livro, sério! Já li diversas resenhas sobre ele e todas dão a entender que o livro é no mínimo parecido com Por Isso a Gente Acabou. É muito igual e isso me dá nos nervos demais, já que Por Isso a Gente Acabou é um dos meus livros preferidos e trata justamente de desamor e as cartas da protagonista também são endereçadas ao carinha que fez sacanagens com ela no decorrer do relacionamento. Mas enfim, que bom que você gostou. Eu ia querer muito a capa azul, pra mim é a mais bonitinha.

    Beijo!
    http://www.roendolivros.com

    ResponderExcluir
  31. Oi!

    Parece um livro levinho e tranquilo, para passar o tempo. Já me interessei, acho que gostaria.

    P. S. Adorei o nome do blog, hahaha.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  32. Nossa que resenha! Adorei ela. Acho que somos um pouco dos dois mesmo, ja sofri como ela e fiz merda como ele. Se identificar na fase que o amor era algo importante na adolescência faz com que vejamos o que erramos e o que não fazer hoje em dia. Confesso que sempre fui mais cabeça, mas já cai por amor uma vez. Adorei mesmo a resenha, tentaremos não ser mais babaconas. ☺
    Xoxo

    ResponderExcluir


Obrigada por comentar no Estilhaçando Livros. Se você tiver um blog deixa seu link que vou retribuir a visita com o maior prazer.