27/05/2016

Resenha: Alameda dos Pesadelos



Título: Alameda dos Pesadelos
Autor(a): Karen Alvares
Editora: Cata-Vento
Páginas: 263
Onde comprar: Amazon
Mais informações em Alameda dos Pesadelos
Livro cedido pela autora para resenha

Vívian era apenas uma mulher solitária, com uma vida normal, presa em sua rotina sem graça, até a noite em que presencia um acidente. A partir daí seu pesadelo começa; ela passa a ter visões de um homem que conheceu no passado e desejava nunca mais encontrar. E o pior: ele quer vingança.
Até que ponto um pesadelo é fruto da imaginação? Vívian descobre que o limite entre a alucinação e a realidade é tão pequeno que a loucura está a apenas um passo de distância e o pesadelo pode estar escondido na nossa mente, como um monstro à espreita, esperando sua chance de despertar. E para escapar do seu horror particular, Vívian precisará entender quais foram seus erros. E finalmente aceitar a própria culpa.

A primeira vez que li o nome Karen Alvares foi devido a uma divulgação de Alameda dos Pesadelos em algum blog há bastante tempo e nem imaginava que um dia ela seria parceira do meu blog. Então, após a resenha de algumas de suas obras solicitei este que me fez conhecer a autora, pelo menos de nome. Mesmo já tendo visto divulgação deste livro anteriormente e saber (mais ou menos) sobre o que ele se trata iniciei a leitura com uma expectativa criada de acordo com as obras anteriores dela o que eu afirmo que foi um erro. Karen é uma autora que a cada obra consegue escrever algo diferente.

Não vou negar que esta obra não leva o padrão da Karen, que é aquele suspense inicial. Cada capitulo deixa o leitor mais curioso para o próximo, então não é muito difícil ler o livro em uma sentada caso você disponha de tempo. Vivian é uma pessoa que desperta curiosidade e todas elas são sanadas ao longo do livro. Chega a ser uma tortura em alguns momentos, principalmente quando a autora insere flashbacks e então volta para o presente; mas tudo é feito de caso pensado e óbvio que da muito certo. O meu problema com essa obra realmente foi a expectativa que criei antes de ler e após o primeiro ato do livro. Eu imaginei que tudo seria mantido no suspense, instigando minha curiosidade de uma forma diferente mas não foi bem assim que aconteceu. Não digo que seja algo negativo no livro, pois para muitos leitores aquele final redondinho é o que importa, então neste caso irá agradar muito.
Morrer é acordar para uma nova vida, e nessa vida aprender que ainda existe muito a ser aprendido, muito a ser descoberto, e que ainda temos um longo caminho a percorrer.

Alameda dos Pesadelos é um livro que fara o leitor refletir sobre um assunto que poucas pessoas realmente debatem: vida após a morte. As pessoas não gostam de falar sobre a morte e muito menos nas possibilidades após a morte, portanto é bem legal ver a perspectiva que a autora colocou na obra. Apesar de não estar preparada para isso eu gostei desse aspecto do livro, mesmo que não tenha realmente curtido o final (apesar de ter acredita que personagem merecia algo assim afinal de tudo). Claro que quando se trata de falar sobre morte entra um segundo assunto em pauta que é religião. E bom, não sei se chegou perto de ser intenção da autora mas da até para rolar um debate sobre relacionamento abusivo no meio disso tudo (até poderia entrar em detalhes sobre esse aspecto mas ai teria spoiler no texto e essa não é minha intenção aqui).

Se você procura um livro leve com mistério e suspense e que possa te fazer refletir sobre a vida e suas consequências está mais do que indicado Alameda dos Pesadelos.

16 comentários:

  1. Oi Silviane! Acabei de ler uma resenha a respeito desse livro. Achei interessante abordar o tema dos relacionamentos abusivos, mesmo talvez não tendo sido intenção da autora gerar reflexões a respeito disso. Gosto de suspenses, mas sou que nem você, não é só o final que importa, gosto de ir me surpreendendo ao longo de toda a leitura.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  2. Oi! Li recentemente outro livro da autora, Inverso, e gostei bastante da narrativa da autora - embora ainda tenha alguns aspectos a trabalhar. Gostei da premissa de livro exatamente por ser tão diferente do que eu li, quero saber como a autora vai trabalhar esse tema.
    Gislaine | Paraíso da Leitura

    ResponderExcluir
  3. Oi, Sil!
    Eu acabei de ler uma resenha desse livro e fiquei chocada sobre como é o desenrolar da história. Já adicionei nos desejados.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  4. Essa é a primeira resenha que leio desse livro e achei a premissa bem interessante por sinal. Estou bem curiosa para conhecer a narrativa da autora e desejo muito sucesso em seu trabalho.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  5. Oi
    o livro até parece ser interessante, mas eu não leria por não ser muito meu gênero, pelo menos curtiu apesar dele ter te desanimado um pouco, altas expectativas fazem isso.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi, Sil

    Não conhecia o livro. Que pena que as suas expectativas não foram alcançadas, mas gostei que, mesmo não tendo curtido o livro como um todo, você destacou os pontos relevantes da obra, e foi isso que me fez sentir curiosidade pela leitura.
    Eu gosto de livros que fazem uso do recuso de flashbacks, quando bem usado dá um diferencial bem bacana.

    Beijo
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Sil, tudo bem?
    Ainda não li esse livro, mas tenho muita vontade. O problema é o tempo, sabe o tempo? Você deve saber heheeh.
    Pena que o livro não tenha te conquistado totalmente, mas é assim mesmo, coisas que acontecem na vida de qualquer leitor :)
    Falar sobre a vida após a morte, até que é fácil para mim, difícil é falar da morte em si... morro de medo :(
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. As vezes expectativas demasiadas em cima de um livro atrapalham, você sente que o livro é bom, mas de alguma forma foge do que você esperava e acaba que você não curte como achava que iria curtir ou como gostaria de curtir! Isso já aconteceu tanto comigo que perdi a conta!

    A parte isso, dica anotada, expectativas ajustadas! ;)

    Pandora
    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  9. Oiee... muito boa sua resenha. Realmente, poucos livros tratam sobre esse tema!

    Adorei o blog,
    Já estou seguindo.
    Beijos, http://colecionadoresdelivross.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Hummm, eu a princípio pensei que se tratava de um triller psicológico, depois percebi que estava equivocada. De qualquer forma, é um livro que me chama a atenção e eu leria sem pensar duas vezes.
    Nem sempre a gente precisa concordar com o final da história, na verdade isto até é bom, aguça o nosso sentido crítico...

    Beijo, Van - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Vou ser muito sincera... Eu não sou chegada em livros assim... Entretanto, sua resenha despertou uma curiosidade pela forma que ela parece abordar a morte no livro... fiquei no mínimo intrigada em verificar esse olhar... Vou ver se leio mais a respeito outra decidir se coloco na lista de desejos ou não....

    ResponderExcluir
  12. Achei interessante a trama ser sobre vida após a morte. Nunca li nada da Karen, mas acho que iniciarei por essa obra. Fico chateada quando o final não é bom, mas às vezes o desenvolvimento é tão bom que dá para relevar, né? rs
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  13. Olá. Fiquei bem interessada na leitura desse livro, apesar de esse não ser o meu estilo de leitura favorito. Gosto muito quando o autor insere mesclas de passado enquanto narra o presente. Isso instiga demais nossa curiosidade. Vou procurar o livro para leitura. Bjs.
    Karla Samira
    www.pacoteliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Olá. Fiquei bem interessada na leitura desse livro, apesar de esse não ser o meu estilo de leitura favorito. Gosto muito quando o autor insere mesclas de passado enquanto narra o presente. Isso instiga demais nossa curiosidade. Vou procurar o livro para leitura. Bjs.
    Karla Samira
    www.pacoteliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oie, Silviane!
    Eu fiquei bem intrigada pela sinopse e resenha, mesmo não tendo curtido a capa.
    Ele parece ser um suspense psicológico bem intrigante, principalmente por falar sobre vida após a morte. Agora, as vezes eu também não curto os finais fechados.
    Bjus
    Anna - Letras & Versos

    ResponderExcluir
  16. Sil, sua linda! <3
    Obrigada pela resenha! Sabe, eu fiquei feliz que causei sentimentos conflitantes em você. É muito bom saber que o meu livro mexeu com você de alguma maneira. :)
    Obrigada pelo carinho, lindona!
    Beijos!

    ResponderExcluir


Obrigada por comentar no Estilhaçando Livros. Se você tiver um blog deixa seu link que vou retribuir a visita com o maior prazer.