29/06/2016

Resenha Dupla: A Herdeira & A Coroa

Título: A Herdeira
Autora: Kiera Cass
Editora: Seguinte
Páginas: 391
Vinte anos atrás, America Singer participou da Seleção e conquistou o coração do príncipe Maxon. Agora chegou a vez da princesa Eadlyn, a filha mais velha do casal. Criada para ser uma líder forte e independentes, ela nunca quis viver um conto de fadas como o de seus pais. Por isso, antes de conhecer os trinta e cinco pretendentes que irão disputar sua mão numa nova Seleção, a jovem está totalmente descrente.
Mas, assim que a competição começa, a situação muda de figura, e Eadlyn percebe que encontrar seu príncipe encantado talvez não seja tão impossível quanto imaginava.


Título: A Coroa
Autora: Kiera Cass
Editora: Seguinte
Páginas: 310
Em A Herdeira, o universo de a Seleção entrou numa nova era. Vinte anos se passaram desde que America Singer e o príncipe Maxon se apaixonaram, e a filha do casal é a primeira princesa a passar por sua própria seleção.
Eadlyn não acreditava que encontraria um companheiro entre os trinta e cinco pretendentes do concurso, muito menos o amor verdadeiro. Mas às vezes o coração prega peças… e agora Eadlyn precisa fazer uma escolha muito mais difícil - e importante - do que esperava.

A resenha não contém spoilers de nenhum dos dois livros!

Então que após um longo tempo (okay, não tão longo assim) eu li os dois novos livros da série A Seleção. Já começo sendo honesta dizendo que por mais que eu adorei a Kiera eu achei toda essa ideia de mais dois livros bem absurdas. Para mim, até então, A Seleção era a clássica com a America e tava tudo muito lindo, obrigada. Após o primeiro livro sair e eu me deparar com váaarios comentários negativos sobre Eadlyn eu fiquei com muito receio de acabar lendo e odiar, mais do que provavelmente eu odiaria com o meu pré-julgamento anterior. E mesmo após algumas colegas blogueiras comentarem sobre A Coroa de forma não positiva eu acabei por decidir que seria agora ou nunca que leria esses dois. E bom, como li em sequencia sei que não conseguiria escrever as minhas impressões de forma separada, então por isso a decisão de fazer uma resenha dupla. Volto a repetir: A resenha não terá spoilers.

Foto: Da Imaginação à Escrita

A minha maior preocupação com a leitura era Eadlyn. Vi todos dizendo o quanto ela é uma garota detestável, mimada, egoísta e arrogante (além de outras coisas) e só pelas resenhas eu já a odiava. Então iniciei a leitura com um pé suuuper atrás em relação a protagonista. De fato encontrei uma personagem com essas caracteristicas, entretanto eu não as considerei uma falha tão grave já que tudo o que eu conseguia ver nessa menina é que ele tem caracteristicas bem humanas, com todos seus defeitos e acredite se quiser: qualidades. Tudo o que ela é os créditos eu atribuo aos pais, que a criaram sempre exaltando a sua importância como futura rainha e justamente por ser a futura rainha que, muitas vezes, ela acabou criando uma barreira entre ela e outras pessoas que não fazem parte do circulo de amizade de sua família. É bem evidente isso pelos comentários ao longo dos dois livros sobre o que o povo acha dela. A princesa tem uma mudança bem significativa no decorrer dos livros. Ela entende a importância do seu futuro cargo e principalmente a importância que ela tem para seu país. Então sim: Eu gostei dela desde o inicio e queria pega-la no colo e protege-la de todos os comentários negativos que li sobre ela (vocês julgaram a garota da mesma forma que o povo fazia com ela no livro, mas o pior é saber que os leitores sabiam muito mais da garota do que o povo e ainda assim a julgaram daquela forma).

A seleção de Eadlyn não serviu apenas para distrair o povo e evitar rebeliões e encontrar aquele deve ser marido; Muito mais do que isso ele serviu para faze-la enxergar, de fato, que existe todo um mundo lá fora que ela não conhece com os próprios olhos. Pessoas com quem ela, provavelmente, nunca teria a oportunidade de ter algum contato. Pessoas que mostraram a ela que nada é fácil e que por mais que as conquistas de seus pais tenham sido benéficas ainda não eram perfeitas.
— (...) Só acho que você precisa encarar isso com a mente aberta. Você é uma das pessoas mais isoladas do país, mas isso não quer dizer que deva ficar na defensiva o tempo inteiro. Você precisa viver um romance pelo menos uma vez na vida.

A Herdeira

Esta duologia não se diferenciou muito da trilogia original, focando bastante no romance e nos Selecionados. A autora criou situações que poderiam deixar a Princesa em risco, mas eu achei que elas foram um pouco forçadas... É sempre mais difícil quando tem um grande numero de pretendentes arrumar desculpa para elimina-los e acho que Kiera não se empenhou muito nessas cenas. Também teve o fato de que ela colocou pouco esforço na personagem para conhecer seus pretendentes (é de conhecimento geral que Eadlyn não queria uma seleção e como a própria sinopse diz ela acaba mudando de ideia no percurso) após perceber que a ideia não é tão ruim de fato. Por mais que no inicio eu tenha tido, de cara, dois favoritos eu senti vontade de conhecer um pouco mais de outros garotos que tiveram o nome citado em algum momento na obra.

Por mais que, mais uma vez, Kiera tenha corrido com a conclusão do livro eu posso afirmar que eu fiquei relativamente contente com a decisão final de Eadlyn. Eu sei que não fiz resenha da trilogia original mas sempre comentei por ai que achei o final de A Escolha muito nonsense e corrido, por mais que tenham acontecido coisas tristes foi um final muito fácil de ser feito e mais uma vez Kiera foi por esse caminho. Ela tem a mão de deixar tudo muito simples para seus personagens terem o final feliz que eles merecem e, tá... okay, okay, mas eu sou uma leitora que gosta de mais emoção. E sim, eu ter ficado feliz se deve principalmente ao fato de a garota ter escolhido o cara com quem eu queria que ela ficasse (sei que disse que tinha dois favs, mas ao longo da leitura o garoto em questão me conquistou muuuito); mas infelizmente não posso especificar a minha "raiva" do quanto foi fácil para ela devido aos últimos acontecimentos com os cinco jovens restantes. Entretanto eu não posso negar que Kiera deu a dica para os leitores desde o dia em que Eadlyn sorteou os nomes no Jornal Oficial (bom, eu peguei a dica).
— Você tem que abraçar a ideia de imperfeição, mesmo na coisa que é mais perfeita para você.

A Coroa

Eu sei que acabei focando o meu texto apenas em Eadlyn e deixando de lado alguns personagens como os pretendentes. Mas acho melhor não citar nomes e falar sobre eles pois tenho certeza que não conseguiria falar de modo neutro e acabaria entregando para vocês. Quanto a Família Real a única coisa que é sempre evidenciada ao leitor é o quanto eles se amam e se apoiam. Dos irmãos da Princesa o único que ganha mais destaque na narrativa é o gêmeo Ahren. De todo o mais a história foca mesmo na importância e poder de Eadlyn, sempre salientando que ela é uma mulher e que esse tipo de coisa é inédito em Illéa.

12 comentários:

  1. Olá, tudo bom?
    Eu quero tanto ler esses livros da Kiera, mas até agora só peguei A Seleção e morro de preguiça de ler A Elite, as histórias são legais, mas nada que me chame a atenção, sabe?

    Sessão Proibida

    ResponderExcluir
  2. Oi, Sil...
    Parei de ler enquanto ainda era uma trilogia, depois comprei A Herdeira porque achei a capa linda, mas li algumas resenhas negativas e acabei desanimando, acabou que ele esta encalhado na estante rs.
    Mas que bom pra você a leitura funcionou.
    Beijo

    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
  3. Oi Sil,
    Fico feliz que você tenha simpatizado com a personagem, olha que eu tentei e tentei e não consegui hahaha.
    Ainda não li A Coroa, espero que eu eu não vá me decepcionar com a leitura.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
  4. Oi Sil!!

    Pois é, eu tenho sérios problemas com a trilogia A seleção e de fato o último livro foi super corrido! Não sei se vou ler os livros, mas acho legal você ter decido conferir! Nada como tirar as próprias conclusões rs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Me sinto uma ameba por ser uma das que ainda não leu essa série.
    Tentarei ler pelo menos o primeiro esse ano.

    tenha uma ótima quinta
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  6. Oi, Sil!
    Realmente a Eadlyn é um PORRE! Na moral... Eu nunca fui muito fã da América, mas eu prefiro ela que a filha.
    Ainda falta eu ler A Coroa e estou protelando por conta dos comentários que eu ouvi sobre o final.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoçãoo de aniversário do blog Crônica sem Eira

    ResponderExcluir
  7. Ainda não li essa série, mas já me rendi e comprei. Quero começar a ler em breve. Todo mundo sempre fala muito bem, menos do último livro :P
    Acho que a história se desgastou né?!!

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  8. PRECISO LER ESSES DOIS ULTIMOS LIVROS, MAS TENHO MEDO DE ME ARRPEENDER PQ JA RECEBI muito SPOILER DELE E PODE NAO SER OQ EU IMAGINO. MAS QUERO MUUUUUUITO LER! VOU VER SE COMRPO A SERIE TODA NA SUBAMRINO, PQ EU LI OS 3 PRIMEIROS EM EBOOK
    http://b-uscandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Quero demais ler esses livros.
    Beijos. ❤
    Te espero em meu cantinho.
    http://www.amordeluaazul.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Estou surtando internamente porque ainda não consegui comprar "A coroa"! Como viver assim? hahahaha

    Beijos,
    Postando Trechos

    ResponderExcluir
  11. Olá!

    Realmente Eadlyn estava bem arrogante em A Herdeira, porém, devido aos fatos, é bem possível ver o amadurecimento da mesma em A Coroa. E sobre os pretendentes... Eu já esperava que ela ficasse com ele! haha

    Não conhecia o seu blog, mas adorei e já estou seguindo! :D Convido você para conhecer o meu cantinho também: http://psamoleitura.blogspot.com.br

    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Kiridinha, me empresta seu exemplar que tô chorando pra ler A Coroa. Odeio a Eadlyn e duvido que eu vá gostar dela algum dia, mas preciso saber se a America morreu ou não ¬¬

    ResponderExcluir


Obrigada por comentar no Estilhaçando Livros. Se você tiver um blog deixa seu link que vou retribuir a visita com o maior prazer.