07/09/2016

CRÍTICA: XOXO

Nome: XOXO - A vida é uma festa
Direção: Christopher Louie
Elenco: Sarah Hyland, Graham Phillips, Brett DelBuono, Hayley Kiyoko, Colin Woodell, Ryan Hansen, Ione Skye, e Chris D'Elia.
Distribuição: Netflix
Seis estranhos tem as suas vidas mudadas quando colidem em um sonho frenético ao perseguir irremediavelmente, uma noite romântica ao som de música eletrônica.




Esse filme saiu semana passada na Netflix, e é um filme super novo e incrível !
Já começa que eu amei o nome porque super me faz lembrar de Gossip Girl , umas das minhas séries favoritas. O filme conta a história de um garoto chamado Ethan que tem o sonho de ser DJ profissonal.  Ele usa suas batidas junto com a voz da sua mãe  que sempre teve o sonho de ser cantora, e faz uma música e joga no youtube e a música viraliza fazendo com que ela fique muito conhecida no cenário eletrônico. O melhor amigo do Ethan, Tariq tem o sonho de ser empresário e se sustentar sozinho e passa a ajudar o amigo conseguindo que Ethan toque em um festival super grande de música eletrônica dos Estados Unidos. 
Nisso o filme vai mostrando todo o dia do Ethan até chegar na hora dele tocar no festival ao mesmo tempo que ele conhece outras 5 pessoas que começam a fazer parte da sua jornada.



O legal do filme é que ele não se concentra apenas no Ethan ou no Tariq, eles desenvolvem super bem os outros personagens secundários em um estilo super leve que não te faz enjoar de ver. Todos os personagens tem suas histórias e todos estão indo pro mesmo festival, XOXO mostra muito bem os bastidores da cena eletrônica, as dificuldades dos DJs novos e não mostra apenas o lado negativo de grandes festivais e a agitação, mas também foca nos romances, nas aventuras, nas sensações e desafios de quem frequenta e gosta disso. 

Os atores não são conhecidos mas são muito talentosos, e a fotografia do filme é muito linda. È puro neon, com uma trilha sonora que contagia mesmo e te faz querer ir na próxima Tomorrowland sem pensar no preço do ingresso. 

Mostra também o lado da galera super chapada desses festivais, e isso me incomodou um pouco porque as vezes mostrava isso como algo natural e super legal, o que eu acho que nem sempre acaba bem , pra quem curte festivais assim sabe do que eu estou falando, mas de resto é um filme bacana de assistir. Ele é baseado em uma história real do diretor e roteirista do filme e cumpre sua premissa. 
Muita gente vai estranhar a direção dele e os cortes de câmera, mas a proposta dele é justamente nos fazer imergir em um festival de música eletrônica onde tudo é muito intenso e se move super rápido. E eu gostei da sacada deles.  O filme está lá na Netflix, mas já tem na internet em sites piratas haha, o que é legal pra quem não tem Netflix e quer ver o filme. Então assistam e me contem o que acharam. 
                                                                            Xoxo :*

10 comentários:

  1. Fiquei animada pra ver, mas fazer essa galera chapada parecer o máximo é bem chato, mas é o padrão de todos esses filmes de dj e festas, então acho que a gente tem que tolerar né :( esse fds vou ver!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi oi Carol , sim é bem chato mas é normal de ver infelizmente.
      Bjos e assista sim vai gostar.

      Excluir
  2. Olá, tudo bem?

    Toda vez que abro a Netflix me bato com esse filme logo de cara, tô até enjoando de ver essa capa aksoapksap. Mas enfim, a história parece ser legal, mas não curto muito filmes que tem bêbados, geralmente são super entediantes, a não ser que seja filme de comédia. Sempre tive vontade de ir á algum festival, então por isso penso seriamente em ver o filme, só pra sentir o gostinho.

    godibai, The Lenses

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ge, eu tbm assisti de tanto ele me perseguir lá hahaha.Mas é bem legal e não fica entediante não, pq tem romance e amizade de sobra. E esses festivais é uma delicia.
      Bjos

      Excluir
  3. Oi Lola!

    Eu lembrei na hora de Gossip Girl rsrsr. O filme parece ter uma proposta interessante e bom vc avisar sobre a direção. Vou tentar conferir.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi haha pois então não tem como não lembrar <3
      E a direção muita gente desiste de filmes assim pq é muito corte. Mas eu gosto. Bjos

      Excluir
  4. Oiii Lola

    Realmente esse Xoxo lembra muito Gossip Girl...rsrs
    Então, quando a filme não me chama a atenção não. Acho que to ficando muito careta ou sei lá, mas não consigo gostar desses filmes que mostram uma galera chapada e sem noção como se isso fosse normal, comum e o que é pior, divertidissimo.
    Por enquanto, essa dica vou deixar passar.

    Obrigada pela resenha

    Beijos

    unbloglitteraire.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alice, pois é eu super tinha parado de ver filmes assim. Mas esse me chamou a atenção pela fotografia e ai gostei. haha e obrigada :)
      Bjos

      Excluir
  5. Eu vi esse filme no netflix e a primeira coisa q pensei foi: PARAÍSOS ARTIFICIAIS 2 HHAHAHAHAHA, ou numa balada glow pop, pq essas tintas são maravilhosas, o nome tb, e agr depois dessa resenha fiquei mais curiosa ainda pra ver. É bom ver opiniões assim, porque dá vontade de sair correndo pra ver!
    Beijos
    www.somosvisiveiseinfinitos.com.br
    Vídeo novo: https://www.youtube.com/watch?v=Kn9CZKwawfA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi oi . aaah obrigada :) Eu tbm pensei a mesma coisa. E parece muito mesmo aquelas baladinhas glow pop. Assista vc vai curtir. Bjos

      Excluir


Obrigada por comentar no Estilhaçando Livros. Se você tiver um blog deixa seu link que vou retribuir a visita com o maior prazer.