27/01/2017

Resenha: A Arte de Ser Normal


Título: A Arte de ser Normal
Autor(a): Lisa Williamson
Editora: Rocco Jovens Leitores
Páginas: 384

Com diálogos engraçados e relatando situações cotidianas na vida de adolescentes, Lisa Williamson consegue abordar a delicada questão dos transgêneros de maneira leve, sem ser apelativa ou condescendente demais. A história é contada sob o ponto de vista dos dois protagonistas, mostrando os diferentes mundos a que pertencem. Apesar de viverem em – praticamente – extremos na sociedade, David e Leo começam a desenvolver uma amizade, que será especialmente importante para David, que em muitos momentos encontra-se mergulhado na solidão.

[leia mais]


Já fazia um bom tempo que eu gostaria de ler um livro com a temática lgbt, porém eu não queria o comum que é um casal homossexual. E após começar a ler e entender sobre transsexualidade eu acabei ficando muito curiosa se tem algum livro que aborda o assunto, até que Alisson me indicou A Arte de Ser Normal em 2016 e eu agora tive a chance de ler. E nossa... ♥

No livro acompanhamos dois personagens: David e Leo. David é um garoto de 13 anos que sonha em ser uma garota. Simplesmente isso. Ele tem muito medo de contar isso aos seus pais e quem sabe seu segredo são seus melhores amigos — Essie e Felix (que são um casal). Eu simplesmente amei David. Apesar de seu sofrimento por ter que ser algo que ele não é de verdade ele ainda consegue fazer com que o leitor o ame por ele ser quem ele é. Eu sofri ao pensar que muitos adolescentes, e até mesmo adultos, vivem da mesma forma que ele vive e lhes faltam a coragem para ser quem é de verdade, seja por medo da reação da família ou da sociedade. Leo é o garoto novo na escola de "gente rica". Ele tem um segredo sobre seu passado que talvez alguns leitores consigam adivinhar antes da revelação e outros, como eu, fiquem apenas especulando o que pode ser. Ele é um pouco mais enigmático e até certo ponto para mim foi difícil realmente gostar dele; mas ao longo do livro ele conquista a simpatia do leitor.


Eu sou uma pessoa bastante curiosa quando o assunto se trata sobre lgbt, mesmo eu não sendo uma pessoa lgbt. Conheço poucas pessoas que são e nunca tive a oportunidade, eu acho, de conhecer um homem ou mulher trans e que essa pessoa fosse meu amigo e/ou amiga o suficiente para dividir comigo sua história e tudo mais; então eu me senti bastante próxima ao personagem e com as coisas que ele compartilhava com o leitor e realmente me senti amiga de David. Eu acho que se ele fosse alguém real próximo a mim eu acabaria não apenas sofrendo junto com ele, mas também eu apoiaria muito se houvesse período de transição e principalmente no apoio para contar a familia. Sério, gente, David é muito ♥.

O livro não trata do assunto de uma forma triste, muito pelo contrário. Claro que tem uns momentos mais sérios e tristes, mas o tempo todo ele é bem divertido e acredito que para quem tem pouca familiaridade com assunto até estranhe o quanto as pessoas trans são tão comuns pois parece que algumas pessoas simplesmente ignoram que um trans é acima de qualquer coisa um ser humano. Enfim, A Arte de Ser Normal é uma leitura muito gostosa então qualquer fã de young adult com certeza vai gostar do livro.
Viro-me de lado para ficar de frente para a parede. O que há de errado com você?, me pergunto com raiva. E então me dou conta. Eu me sinto solitário. Tão solitário que chega a doer. A percepção disso me faz sentir ainda pior. Como se eu estivesse enganando a mim mesmo ao fingir um rosto corajoso esse tempo todo.

4 comentários:

  1. Olá, tudo bem? Não tinha visto esse livro por aí ainda, mas gostei de conhecer ele. Parece ser uma obra bem divertida mesmo, já quero ler!

    *Seguindo seu blog
    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia esse livro, mas a capa é muito interessante :)
    Beijos,
    Juliana.
    Fabulônica
    Fanpage
    Instagram

    ResponderExcluir
  3. Oi Sil, tudo bem?

    Não conhecia o livro, mas achei bem interessante. A temática por si só já me atrai e gosto bastante de leituras leves e gostosas de acompanhar!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem?
    Adorei a resenha e fiquei com muita vontade de ler esse livro! Adoro assuntos ligados a LGBT, é muito importante ver a história pelo outro lado!! E saber que o livro consegue retratar isso dessa forma, é sensacional!
    Beijos
    www.somosvisiveiseinfinitos.com.br
    Vídeo novo: https://www.youtube.com/watch?v=oNLRydumMWs&t=1s

    ResponderExcluir


Obrigada por comentar no Estilhaçando Livros. Se você tiver um blog deixa seu link que vou retribuir a visita com o maior prazer.